.: Sindban questiona metas do Santander

Nesta segunda-feira, 5/10, o Sindicato esteve reunido com o superintendente comercial do Santander Piracicaba, Alexandre Piffer para questionar as metas, seu gerenciamento e as formas de cobrança sobre os bancários.

A presidenta interina do Sindban, Angela Savian, comentou que “as metas estão abusivas, principalmente neste cenário de pandemia, com bancários em home office e com o banco demitindo trabalhadores, mesmo havendo um acordo de não demissão”, comentou.

Os diretores que participaram do encontro também questionaram os métodos como motor de vendas, o sistema que liga para os clientes para saber se receberam contatos dos bancários e o sistema de Dia do Produto. “Todas essas formas de cobrança têm afetado os bancários de forma negativa”, avaliou Angela.

O superintendente do banco explicou que essas são políticas nacionais do Banco Santander e que não são aplicadas apenas na regional de Piracicaba. Reconhece que há formas distintas de cobrança por parte dos gerentes gerais e que está à disposição para o diálogo.

O Sindicato levará o tema para a reunião da Comissão de Organização dos Empregados (COE) do banco para que o assunto seja tratado de forma mais geral.

Apoio – O Sindban reforça sua disposição de apoio aos bancários em todos os momentos em que se sentirem pressionados pelos gestores ou com seus direitos ameaçados. Basta procurar os diretores do Sindban nas agências ou ligar par ao Sindicato (19) 3417-1333.

Nossos Diretores do Santander: Aline Becari, Angela Savian, Carina Cassarollo, Cláudia Fernandes, Gilmara Voltani, João Machado, Ricardo Monis, Lucas Corrêa, Lucimara Barbery.

 

Youtube

Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente
Reportar erro!
X
Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo.
O link da notícia será enviado automaticamente




Captcha:
Menu
Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente