.: No pico da pandemia, direção da Caixa expõe trabalhadores a riscos

Em um momento em que a curva de contaminações e mortes em decorrência da covid-19 está aumentando ainda mais, a gestão da Caixa está obrigando os gerentes PJ a visitarem os clientes, tendo como meta o número de visitas.

Os gerentes que forem obrigados a realizar visitas à empresas devem denunciar ao Sindban. As denúncias serão levadas à gestão da Caixa, e as identidades dos empregados serão mantidas no mais absoluto sigilo.

Retorno ao trabalho - Além de obrigar gerentes PJs a fazerem visitas presenciais, cobrando metas para esta tarefa, a gestão da Caixa também está convocando empregados das áreas meio CIACV e CIGAD para voltarem ao trabalho presencial.

Todas as áreas em home office estão produzindo, algumas até mais do que quando estavam no regime de trabalho presencial. Qual a necessidade de, em pleno aumento dos casos de contaminações e mortes em decorrência da covid-19, sujeitar ao vírus estes empregados que não têm a menor necessidade de trabalhar presencialmente?

A única explicação para que a direção da Caixa exponha os empregados do banco a maiores riscos de contaminação em meio à uma pandemia é agradar o governo federal.

Após julgamento do Superior Tribunal Federal (STF), a Covid-19 passou a ser considerada doença do trabalho. Os administradores da empresa podem ser responsabilizados caso empregados ou familiares sofram com os efeitos da Covid-19, conforme prevê a Lei 2.848/40.

Youtube

Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente
Reportar erro!
X
Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo.
O link da notícia será enviado automaticamente




Captcha:
Menu
Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente