.: Bancos têm 7 dias para agendar reunião com Sindban e Cerest sobre Covid-19

A exemplo do que já vinham fazendo, o Sindban e o Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) realizaram fiscalização em quatro bancos na manhã desta quinta-feira, 15.

As agências do centro do Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú e Santander foram notificadas para que apresentem as ações de proteção e prevenção da Covid-19 que estão tomando.

Notificação - Assim, a notificação do Cerest pede reunião com os coordenadores do Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO,) do Plano de Contingência da Covid-19 e do Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA) de cada banco.

O Cerest quer respostas quanto as medidas prevenção, controle e mitigação dos riscos de transmissão da Covid-19; sobre a conduta dos bancos em caso de suspeita de contaminação e confirmados; higiene, ventilação, limpeza desinfecção dos ambientes; equipamentos de proteção individual; medidas para a retomada das atividades; trabalhadores dos grupos de risco; barreiras sanitárias implantadas, entre outros assuntos.

Os bancos têm sete dias para agendar as reuniões com o Sindban e o Cerest.

Para José Antonio Fernandes Paiva, presidente do Sindban, “essa ação conjunta com o Cerest se dá em função do grande número de infectados na categoria. Já tivemos vários bancos fechados e um vigilante do Banco do Brasil que morreu de Covid-19. Além disso, estamos terminando um levantamento que confirma que nos bancos com mais filas há mais bancários infectados, precisamos reverter esse quadro”, argumenta.

Youtube

Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente
Reportar erro!
X
Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo.
O link da notícia será enviado automaticamente




Captcha:
Menu
Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente