.: Sindicato dos Bancários realiza conversa com bancários de Capivari

Sindicato dos Bancários realiza conversa com bancários de Capivari

O Sindicato dos Bancários de Piracicaba e Região lançou oficialmente na cidade de Capivari nesta terça-feira (17 de julho) a Campanha Nacional Unificada 2018, considerada a mais difícil dos últimos tempos. Será a primeira vez que as negociações da categoria ocorrerão sob a nova Lei Trabalhista, que entrou em vigor em novembro do ano passado e extinguiu vários direitos.

O ato ocorreu na praça Cesário Motta e contou com a participação de dirigentes sindicais da base e bancários da cidade. A conversa teve como intenção conscientizar funcionários e a população sobre o andamento da Campanha Salarial, importância dos bancos públicos e das condições de trabalho dos bancários.

Este ano, a prioridade da campanha é a proteção da categoria contra o desmonte trabalhista. Ao contrário de outras edições, direitos assegurados na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) deixam de valer no dia 31 de agosto em consequência da reforma trabalhista, que extinguiu o princípio da ultratividade, por meio da qual as cláusulas de um acordo valiam até a assinatura do outro.

Por esse motivo, uma das reivindicações do movimento sindical é a assinatura de um pré-acordo para resguardar esses direitos até o final das negociações e assinatura da nova CCT. A categoria também reivindica reposição da inflação, aumento real, defesa dos empregos, melhores condições de trabalho, combate ao assédio moral e validade da CCT para todos os bancários, independentemente da remuneração.

“A partir do dia 1o de setembro, direitos como férias remuneradas, 13o salário, vales refeição e alimentação, PLR, licenças maternidade e paternidade, horas extras e limite de jornada deixam de valer. Por isso, elegemos como prioridade a proteção da categoria contra o desmonte trabalhista. Essa luta não é exclusiva dos bancários, mas de todas as categorias de trabalhadores. Vamos nos mobilizar pela manutenção de nossos direitos, defender nossa CCT que é referência em todo o País e combater as demissões”, explica o presidente do Sindicato, José Antônio Fernandes Paiva.

NEGOCIAÇÕES
As negociações entre o Comando Nacional dos Bancários, que representa os trabalhadores na mesa de negociação, e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) teve início dia 28 de junho e sua segunda rodada no dia 12 de julho. A Fenaban não levou para a mesa nenhuma resposta sobre o pré-acordo para garantir a validade da CCT depois de 31 de agosto proposta pelo Comando na entrega da pauta. Até o momento foo estabelecido o calendário para as próximas negociações que será 19 de julho e 25 de julho, e em 1º de agosto os bancos devem apresentar uma proposta final.

.: Veja Mais

Imagem Indisponível

Bancários assinam acordo aditivo e PPRS do Santander com avanços

Imagem Indisponível

BB quer expulsar pobres das agências e torná-las exclusivas da alta renda

Imagem Indisponível

Diretores do Sindicato participam do 2º Congresso da Contraf

SINDBAN TV

Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente
Reportar erro!
X
Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo.
O link da notícia será enviado automaticamente




Captcha:
Menu
Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente