.: SindBan realiza ação de conscientização sobre mudanças na aposentadoria com a Reforma da Previdência

SindBan realiza ação de conscientização sobre mudanças na aposentadoria com a Reforma da Previdência

Na manhã desta terça-feira, 06 de agosto o Sindicato dos Bancários realizou uma ação de conscientização sobre as mudanças na aposentaria com a Reforma da Previdência. Os dirigentes do SindBan distribuíram uma cartilha explicativa com as alterações contidas na PEC que tramita no Congresso e também recolheram assinaturas para um abaixo assinado nacional contra o projeto. Além disso, os diretores conversaram com a população e calcularam comparando como seria a aposentadoria com a regra atual e como ela irá ficar caso a Reforma seja sancionada. O ato aconteceu na Praça José Bonifácio.

A PEC 006/2019, da reforma da Previdência do governo de Jair Bolsonaro (PSL), que muda a aposentadoria, afetando a vida e o trabalho de milhões de trabalhadores e trabalhadoras, foi aprovada na madrugada do último dia 10 de julho, mas como altera a constituição precisa ser aprovada em dois turnos na Câmara Federal e depois segue para o Senado Federal, onde também precisa da maioria os votos dos senadores em dois turnos.

“Não podemos nos dar como vencidos, estamos no meio da batalha. É estudante junto com o trabalhador lutando pelos direitos da juventude e da classe trabalhadora”, disse o presidente do Sindicato dos Bancários de Piracicaba, José Antonio Fernandes Paiva.  

“A proposta de Governo Federal ganhou no primeiro turno da Câmara, com a ajuda de parlamentares que só votaram pelos interesses pessoais, mas ainda temos a segunda votação e o Senado para reverter esta batalha”, acredita a vice-presidente do SindBan, Angela Savian.

A importância da Conscientização

Em um dia de conversa e de conscientização dos passantes pela Praça José Bonifácio foi possível verificar que a grande maioria dos piracicabanos ainda não tem total discernimento sobre o que é a Proposta da Nova Previdência e o quanto ela afeta diretamente a vida do trabalhador. Segundo Angela, muitos dos que conversaram com os dirigentes não sabiam se quer qual era a nova proposta, muito menos que a sua aposentaria seria afetada. “Conversamos com várias pessoas, muitas já num período muito próximo de se aposentar, alguns já perto dos 55 /60 anos e que agora, caso essa deforma seja aprovada irão ter que trabalhar e contribuir muito mais tem para ter o seu direito a aposentadoria, em muitos casos era visível a dificuldade das pessoas de continuarem com o pleito, nas categorias com trabalho mais exaustivo será maçante para a saúde continuar trabalhando”, completa Angela.

O Diesse disponibiliza a “Calculadora da aposentadoria” e por meio dela é possível visualizar de forma fácil e prática quanto tempo mais terá que trabalhar e qual o tamanho da redução do benefício caso a reforma seja aprovada em definitivo.

https://www.dieese.org.br/calculadoraaposentadoria/index.xhtml

Bruna Togni MTB 081055/SP

.: Veja Mais

Vídeos do Sindicato

Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente
Reportar erro!
X
Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo.
O link da notícia será enviado automaticamente




Captcha:
Menu
Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente