.: SindBan mais uma vez vai nas ruas contra cortes na educação e reforma da Previdência

Estudantes, Professores e trabalhadores mais uma vez se uniram, em Piracicaba, na tarde de ontem, quinta-feira 30, a manifestação tomou às ruas do centro da cidade contra os cortes na educação e a reforma da Previdência do governo Bolsonaro.

O ato começou no início da tarde com concentração na praça do TCI (Terminal Central de Integração). De lá seguiram em caminhada pela avenida Armando de Salles Oliveira, passando pela rua Governador Pedro de Toledo até rua XV de Novembro e, em frente a agência regional do INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social), fizeram breve ato contra a reforma da Previdência, seguindo a mobilização até a praça José Bonifácio, por volta das 18h, quando foi encerrado pela organização.

“Não podemos permitir esse cenário de desmonte do ensino e das empresas públicas. Esse desmonte é um ataque ao Estado como promotor do desenvolvimento econômico e social, visando um projeto de Estado mínimo, com concentração de renda e aumento das desigualdades sociais”, comenta o Presidente do Sindicato dos Bancários, José Antonio Fernandes Paiva.

É a segunda vez este mês em que os manifestantes vão às ruas em defesa de manutenção de recursos para o ensino superior, por exemplo.

“O que está por trás dos cortes na educação, já que o conhecimento tem um enorme potencial de transformação da sociedade e pode ser indutor de inclusão social para milhares de jovens. É isso também que está por trás da reforma da Previdência, que sob a falsa justificativa de acabar com privilégios, vai atacar o direito à aposentadoria dos brasileiros e empobrecer ainda mais a população. Por isso estaremos mobilizados, nas ruas, todos juntos: trabalhadores e estudantes, pela aposentadoria e pela educação. Em defesa das universidades públicas e da produção de ciência e conhecimento no país”, acrescenta Paiva.

 

Greve geral no dia 14 de junho

Assim como as manifestações de 15 de maio, a de quinta-feira 30 é considerada pelas centrais sindicais – CUT, CTB, Força Sindical, CGTB, CSB, Nova Central, CSP- Conlutas e Intersindical – como preparação para a greve geral de 14 de junho, em defesa da aposentadoria e por mais empregos.

Bruna Togni - MTB 81055/SP

.: Veja Mais

Reunião com prefeito hoje para definir o futuro do transporte coletivo

Almoço solidário marca primeiro dia de greve dos bancários de Piracicaba

Imagem Indisponível

Caixa Econômica Federal apresenta proposta

SINDBAN TV

Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente
Reportar erro!
X
Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo.
O link da notícia será enviado automaticamente




Captcha:
Menu
Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente