.: SindBan faz ato no Mercantil do Brasil nesta quinta

05/07/2017 - 10:00

Sindicato reivindica a instalação imediata da porta giratória, obrigatória por força da legislação municipal

A porta giratória é um dos principais itens de segurança nas agências bancárias. Em Piracicaba, a lei municipal 4.204, de 11 de dezembro de 1996, obriga os bancos e as casas de câmbio a instalarem portas automáticas ou giratórias, com vidros à prova de bala, detector de metais e travamento automático. Apesar da importância do equipamento, que garante a segurança de bancários e clientes, o Banco Mercantil do Brasil alega que a falta de cofre justifica a ausência do aparelho na agência da Praça José Bonifácio. 

Nesta quinta-feira (6), a partir das 8h, o SindBan (Sindicato dos Bancários de Piracicaba e Região) vai realizar um ato na frente do posto de atendimento, reivindicando a instalação imediata da porta giratória. Para o presidente da instituição, José Antonio Fernandes Paiva, a justificativa do banco não é suficiente, já que apenas na semana passada, bancários sentiram-se ameaçados por um cliente duas vezes. “O posto tem todas as características de uma agência bancária, as operações são de alto giro, principalmente em dias de pagamento. É necessário garantir a segurança dos trabalhadores e da população”, comentou.

Além do ato, o SindBan vai notificar a direção do BMB a fim de ter acesso ao Plano de Segurança, protocolado junto a Polícia Federal. “Toda instituição financeira deve protocolar junto o Plano de Segurança Bancário na unidade da Polícia Federal da sua cidade ou circunscrição, juntamente com todos documentos exigidos por lei. O prazo para esta ação é de 60 dias após a abertura do ponto. O serviço de segurança privada pode ser prestado exclusivamente por empresa regularmente autorizada pela Polícia Federal”, explicou a vice-presidente do Sindicato, Angela Savian.

Segundo Paiva, o ato também vai prestar serviço à população. “Nossa secretaria de Saúde preparou um ato para atender os clientes. Enfermeiras vão estar no local para aferir a pressão das pessoas, serviremos pipoca e chá. Nossa ação tem o objetivo único de alertar para o risco da segurança, sem prejudicar a população na semana de pagamento”, explicou.  

 

Marina Mattus - MTB: 0083471/SP

.: Veja Mais

Bancários aprovam por unanimidade deliberações em Assembleia do dia 7

Imagem Indisponível

Presidenta Dilma volta a cobrar redução das taxas de juros dos bancos

Imagem Indisponível

Bancos empurram proposta para a próxima negociação

SINDBAN TV

Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente
Reportar erro!
X
Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo.
O link da notícia será enviado automaticamente




Captcha:
Menu
Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente