.: Santander descumpre promessa e demite

O Santander quebrou sua promessa de não demitir trabalhadores no Brasil durante a pandemia de Covid-19.
O Santander Brasil se comprometeu com o Contraf-CUT para garantir empregos durante a crise da saúde. No entanto, o banco anunciou planos de cortar 20% de sua força de trabalho (mais de 9.000 pessoas), mesmo que o vírus ainda esteja se espalhando pelo país.
A empresa já demitiu pelo menos 160 pessoas e mais trabalhadores estão sendo ameaçados de demissão se não cumprirem suas metas de vendas - em um momento em que o número de mortos no Covid-19 no Brasil acaba de atingir o segundo maior nível mundial
Usar a pandemia como desculpa para demitir trabalhadores está levando a empresa a um novo patamar. 
Sergio Rial, presidente do Santander Brasil precisa manter sua promessa aos trabalhadores e proteger seus empregos durante essa terrível situação de emergência nacional de saúde causa pelo coronavírus.

Youtube

Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente
Reportar erro!
X
Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo.
O link da notícia será enviado automaticamente




Captcha:
Menu
Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente