.: Presidente do Sindicato dos Bancários participa de entrevista sobre segurança bancária

O presidente do Sindicato dos Bancários de Piracicaba e Região, José Antonio Fernandes Paiva foi o entrevistado do programa Nossa Gente, da TV Beira Rio na manhã desta quinta-feira (13) para falar sobre segurança nos bancos, principalmente nesta época de fim de ano.
 
Segundo nosso presidente, o Sindicato dos Bancários de Piracicaba e região tem um histórico de suas ações de segurança bancária que atingiu a marca de 97 meses sem assalto a banco e articulou com o mandato do vereador Paiva e à Câmara de Vereadores leis que, uma vez respeitadas, melhorariam e muito a segurança para bancários e clientes. 
 
Para o presidente do Sindicato, aumentar a segurança nesta época do ano é importante, principalmente por ser uma época em que as pessoas gastam mais e frequentam mais os bancos. No entanto, o essencial é que essa ação seja realizada o ano todo não apenas com a atuação da polícia, mas com a fiscalização da prefeitura, que tem o dever de fiscalizar as leis em vigor como as de instalação de câmeras de segurança, guarda-volumes, porta giratória com detector de metais e os chamados biombos, que impedem a visão de quem está na fila aos que estão sendo atendido nos caixas. “Infelizmente a prefeitura tem sido omissa em relação às leis bancárias”, salientou.
 
Durante a entrevista Paiva deu algumas dicas de segurança para quem utiliza os serviços bancários: 
 
• Evitar sacar valores altos em espécie. Preferir sempre as transações eletrônicas, que oferecem mais segurança, comodidade e eficiência. Exemplos: DOC, TED, transferência via telefone e Internet.
• Se tiver de realizar saques de valores altos, nunca contar dinheiro em público; se houver necessidade fazer em local reservado da agência. Algumas instituições possuem locais reservados para essa finalidade. Informe-se com um funcionário do banco.
• Procurar ir ao banco sempre acompanhado e em horário de atendimento; 
• Ser discreto e rápido ao conferir o seu dinheiro e sair do banco; 
• Desconfiar de pessoas que fiquem por longo período dentro das agências sem realizar qualquer operação;
 • Caso sentir que está sendo observado ou seguido, entrar num local movimentado e acione a Polícia Militar (tel. 190) e informar as características do observador;
 • Ao efetuar depósitos no caixa eletrônico, tomar cuidado para que não haja troca de envelopes. Não pedir, nem aceitar ajuda de estranhos. Procurar, sempre, a ajuda de um funcionário do banco, identificado;
 • Se desconfiar de que está sendo observado por suspeitos no interior de uma agência, procurar um funcionário do banco, identificado ou um segurança.


Fernanda Moraes
Coordenadora de Comunicação e Mkt. do Sindicato dos Bancários de Piracicaba e Região
(19) 3417-1342 / 9171-7716
 
 

.: Veja Mais

Imagem Indisponível

Bancos mantêm intransigência e empurram bancários para a greve

Compra do HSBC deve ser vista com cautela segundo Cade

Imagem Indisponível

Bancários cobram instalação da CPI do Santander na Câmara dos Deputados

SINDBAN TV

Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente
Reportar erro!
X
Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo.
O link da notícia será enviado automaticamente




Captcha:
Menu
Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente