.: PLR dos afastados e das bancarias em licença-maternidade está garantida; bancos pediram nova pausa

A pressão do Comando Nacional dos Bancários, na mesa de negociação, e da categoria surtiu efeito. Os bancos recuaram na proposta que pretendia tirar das bancárias em licença-maternidade o direito a pagamento integral da PLR.

Também está mantida a cláusula 5ª, que prevê o pagamento do salário substituto, e a cláusula 10ª, do adicional de insalubridade e periculosidade.

Hoje na mesa de negociação, garantiu-se também o pagamento da PLR dos afastados, entre outros direitos da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT). 

O movimento sindical cobrou aumento no índice de reajuste e a Fenaban pediu uma nova pausa, desta vez de uma hora, para consultar os bancos. Mais informações em breve.

.: Veja Mais

Em nova audiência no Ministério Público BB adia decisão sobre VCP

Conselho da Mulher tem nova composição

Imagem Indisponível

Mesmo com lucros recordes, bancos projetam aumentar spread em 2011

SINDBAN TV

Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente
Reportar erro!
X
Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo.
O link da notícia será enviado automaticamente




Captcha:
Menu
Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente