.: Paiva solicita informações ao Procon sobre fiscalizações a bancos

O presidente do SINDBAN (Sindicato dos Bancários de Piracicaba e Região) e vereador do PT, José Antonio Fernandes Paiva, solicitou ao Executivo por meio do requerimento 491/2014, aprovado na reunião ordinária desta segunda-feira, 19, informações por meio da Procuradoria Jurídica do Município e Procon sobre os primeiros resultados das fiscalizações realizadas junto ao setor financeiro nesta cidade.

No dia 22 de abril deste ano, a Procuradoria Jurídica do Município de Piracicaba promoveu reunião no qual foram convocados gerentes de bancos da cidade. O objetivo do encontro foi o de comunicar aos estabelecimentos bancários que não mais haveria, por parte do Poder Público Municipal, complacência no sentido de aceitar o descumprimento de leis municipais que tocam o setor.

Dentre as leis, Paiva cita a que determina a espera máxima de 15 minutos nas filas de atendimento e a exigência de adequação das agências bancárias às leis que determinam a colocação de biombos que separam o cliente que é atendido, e o que aguarda na fila. A instalação de guarda volumes na área de recepção das agências, colocação de portas giratórias, instalação de caixas eletrônicos com leitura em braile e com altura reduzida, a que determina a disponibilização de uma cadeira de rodas, e, ainda, exigindo a instalação de câmeras de vigilância fora das agências bancárias, a fim de coibir o crime conhecido como “saidinha de bancos”.

Paiva salienta que informações obtidas dão conta que a Procuradoria teria alterado sua forma de recepção das denúncias dos clientes contra os bancos, exigindo a presença física do denunciante junto ao órgão fiscalizador (Procon). Também reitera que o centro financeiro da cidade concentra-se na praça José Bonifácio, no Centro da cidade, e que clientes das agências bancárias que vierem a se sentir lesados, tenham que se deslocar até a Prefeitura, no Centro Cívico, para fazer a denúncia.

Diante do exposto, Paiva indaga à Procuradoria a data que teve início a fiscalização que foi tema de reunião entre a Procuradoria Jurídica do Município e as instituições financeiras. Quais as constatações das fiscalizações, autuações as quais se referem. Também pergunta se houve alguma agência bancária multada desde o dia 22 de abril, pedindo para fazer a relação, motivação da autuação, e valor da multa.

Outra indagação do parlamentar é a respeito de como o cliente, cidadão ou o bancário que se sinta prejudicado pelo não cumprimento das leis deve proceder para a denúncia, e se procede a informação de que a denúncia tem sido aceita apenas pessoalmente. Em caso positivo, pergunta se é possível proceder para que se possa facilitar ao cidadão o exercício do seu direito de denunciar e ter providências tomadas. Por fim quer saber qual a possibilidade de o Procon instalar um posto de atendimento na região centra da cidade.

Texto: site da Câmara de Vereadores de Piracicaba

Andrey Moral (estagiário)

Supervisão: Erich Vallim Vicente - MTB 40.337

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946

.: Veja Mais

Imagem Indisponível

Nota do Comando Nacional dos Bancários

Imagem Indisponível

Diretores do sindicato participam da eleição em Sorocaba

Imagem Indisponível

Crise econômica na Espanha fechou 2.162 empregos por dia em 2012

SINDBAN TV

Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente
Reportar erro!
X
Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo.
O link da notícia será enviado automaticamente




Captcha:
Menu
Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente