.: Mais 620 terceirizados da Orbitall viram bancários do Itaú Unibanco

Salários maiores e mais direitos. Nesta terça-feira, 27 de outubro, 620 trabalhadores que eram terceirizados da Orbitall que prestam serviços ao Itaú Unibanco recebem seus primeiros holerites como bancários, em São Paulo. Desde 1º de outubro, esses empregados do Call Center somam-se a outros 400 da área de sistema da Orbitall que também passaram a ser bancários em agosto.
Agora, esses trabalhadores passam a ter data-base em 1º de setembro e vão receber Participação nos Lucros e Resultados e o adicional proporcionais ao período trabalhado. O vale-refeição que era de R$ 12,57 passa a R$ 16,88. O vale-alimentação passa de R$ 63,19 para R$ 289,31 para todos. O auxílio-creche/babá que era de R$ 169,68 para filhos de até 36 meses vai para R$ 207,95 por 83 meses.
O reembolso do vale-transporte passa a ser creditado em conta corrente e será do valor excedente de 4% do salário e não mais 6%. Há outros avanços em direitos como complemente do auxílio-doença, assistência médica ao dispensado, além da indenização adicional.

Negociação

Uma nova rodada de negociação na terça-feira, dia 3 de novembro, entre a Contraf-CUT e as entidades sindicais com a direção do Itaú Unibanco vai tratar de questões fundamentais para os bancários durante o processo de fusão.

Em debate, a unificação das jornadas e pisos do Call Center dos dois bancos (ITM e CAT), além do plano de saúde, IAPP, crédito imobiliário e tarifas, dentre outros temas.


Fonte: Contraf-CUT com Seeb São Paulo

Youtube

Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente
Reportar erro!
X
Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo.
O link da notícia será enviado automaticamente




Captcha:
Menu
Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente