.: Itaú é condenado a pagar R$ 20 mil a cliente por racismo

O Banco Itaú foi condenado a pagar indenização de R$ 20 mil a um homem pelo crime de racismo. A decisão do 9º Tribunal de Justiça de São Paulo, por unanimidade, deu ganho de causa a Geraldo Pereira da Silva Filho por danos morais.

 

Geraldo entrou na agência e foi barrado na porta giratória, mas os seguranças não liberaram a trava mesmo o cliente demonstrando que não tinha nenhum objeto metálico em sua posse. Depois de conseguir ingressar no banco, ele recebeu atendimento normalmente, porém quando saiu policiais militares armados o abordaram, pois, segundo os autos do processo, eles teriam atendido ao alarme de assalto.

 

O cliente teve de colocar as mãos na cabeça, encostar na parede e ser revistado para provar que não havia roubado nada. O relator da ação judicial, Piva Rodrigues, disse que o cliente passou por constrangimento e que a abordagem policial foi inapropriada.
 

“Restou evidenciado que funcionários do banco criaram situação de extremo embaraço ao autor, que foi abordado como se criminoso fosse”, disse Piva Rodrigues

O Banco Itaú ainda não se pronunciou sobre o caso.

Fonte: Portal Geledés

.: Veja Mais

Imagem Indisponível

Banco Central cria comitê de estabilidade financeira

Imagem Indisponível

Itaú tem lucro recorde no trimestre, mas fecha 2.248 empregos

Imagem Indisponível

Confirmada audiência pública sobre PL 4330 na Câmara no dia 18

SINDBAN TV

Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente
Reportar erro!
X
Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo.
O link da notícia será enviado automaticamente




Captcha:
Menu
Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente