.: Dicas para aproveitar a Black Friday sem ser enganado

Ainda que a data possa trazer oportunidades de pagar menos em um produto, é preciso ter cuidado para não pagar ‘metade do dobro’ ou acabar caindo nas dívidas por fazer compras desnecessárias

A Black Friday, dia de promoções mais aguardados no comércio, já ocupa a quinta colocação como data que mais fomenta vendas no Brasil. Apesar da empolgação dos consumidores, quem estiver planejando fazer as compras deve ficar atento a determinados cuidados para não cair na “Black Fraude”.

O advogado Leonardo Amarante, alerta para que o barato não saia caro. “O melhor caminho para os bons negócios ainda é a informação, aliada aos cuidados para não cair no engano. Caso seja enganado, as ferramentas mais eficazes e rápidas são a própria iniciativa do consumidor, que poderá se arrepender, divulgando e denunciando a má conduta de que foi vítima junto aos órgãos e canais próprios”.

 Para evitar surpresas, o advogado sugere medidas que poderão garantir a segurança das suas compras:

1 – Estipule os produtos que quer comprar e o valor máximo que poderá gastar, para não extrapolar o previsto;

 2 – É extremamente importante conhecer a média de preço do produto que pretende adquirir;

 3 – Compare preços dos produtos em pelo menos duas ou três lojas diferentes;

 4 – Verifique se o site em que pretende realizar a compra é verdadeiro e confiável. Cheque todas as informações sobre a loja: se existe, seu endereço físico e o canal de relacionamento com o consumidor (telefone, e-mail). Verifique se já não existem muitas reclamações, como produto não entregue ou entregue fora do prazo;

 5 – Pesquise a reputação da loja. Se possível, busque opiniões de quem já comprou no local (amigos e familiares);

 6 – Evite fazer suas compras através de e-mails de propaganda, que podem conter vírus e levar para sites fraudulentos. O recomendado é fazer a compra no site oficial da loja;

 7 – Para compras em lojas físicas, a troca não é obrigatória, ela é praticada de acordo com a política de cada loja. Antes de comprar, verifique se o produto poderá ser trocado, se necessário;

 8 – Mesmo na Black Friday, o consumidor tem 7 dias para se arrepender, cancelar a compra, devolver o produto e ter o dinheiro de volta em compras feitas pela internet. Esse prazo é contado a partir da data da compra ou do recebimento do produto;

 9 – Fique atento ao valor do frete para compras virtuais. Às vezes, o frete cobrado pode ser mais caro do que o próprio produto. Portanto, compare a mesma compra (valor total = produtos + frete) em diferentes sites.

.: Veja Mais

Vídeos do Sindicato

Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente
Reportar erro!
X
Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo.
O link da notícia será enviado automaticamente




Captcha:
Menu
Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente