.: Bancários e Santander negociam PPR de 2009 nesta terça, dia 23

Os trabalhadores do Santander voltam a se reunir com o banco nesta terça-feira, 23, para nova rodada de negociação. O principal ponto da pauta será a PPR (Programa de Participação nos Resultados) de 2009. A reunião acontece às 15 horas, no Salão Nobre do edifício do ex-Banespa, no centro de São Paulo.

A reunião foi agendada após solicitação pelas entidades sindicais em correspondência enviada no último dia 12, cobrando o pagamento do adicional da PLR e a retomada das negociações.

No documento das entidades foi também solicitada a continuidade da discussão sobre a necessidade da suspensão das demissões e a construção de mecanismos de manutenção dos empregos, reivindicando o acesso aos números de inscritos e atendidos no Centro de Realocação Profissional e das adesões aos programas de incentivo à aposentadoria: Licença Remunerada Pré-aposentadoria (pijama) e Abono Indenizatório.

Foi proposto ainda negociar mudanças nos planos de previdência complementar, especialmente no HolandaPrevi, e nos convênios de assistência médica e odontológica, de modo que sejam mantidas e ampliadas as conquistas dos funcionários, sem nenhuma redução de direitos.

Além disso, foi pedido o agendamento das reuniões discutidas no âmbito do Comitê de Relações Trabalhistas e por ocasião da exposição da cartilha sobre as "novas políticas" para os funcionários, como a apresentação do novo Plano de Cargos e Salários. Por fim, foi reivindicada resposta à correspondência do dia 26 de maio sobre a instalação do Grupo de Trabalho do Banesprev.

Reunião preparatória

Antes da negociação, haverá reunião preparatória das Comissões de Organização dos Empregados (COEs) do Santander e Real, a ser realizada nesta segunda-feira, dia 22, das 14h às 18h, na sede da Contraf-CUT, no centro de São Paulo.

Pressão dos bancários conquista adicional de PLR

O Santander creditou na sexta-feira, dia 19, o adicional de PLR do exercício de 2008 no valor de R$ 500 aos trabalhadores do banco, junto com a folha de pagamento deste mês. Trata-se de mais uma conquista da pressão das entidades sindicais, ainda que o banco podia ter concedido mais como reconhecimento ao empenho dos funcionários.

Quem foi demitido sem justa causa e quem se aposentou entre 2 de agosto e 31 de dezembro de 2008 tem direito ao valor proporcional correspondente ao período trabalhado e vai receber no dia 10 de julho.

Fonte: Contraf-CUT

.: Veja Mais

Imagem Indisponível

Assinado Acordo Aditivo do Santander

Após 29 anos de fundação, o bancário Vagner Freitas é o primeiro bancário eleito para ser presidente

Bancário Vagner Freitas é eleito presidente da CUT

Imagem Indisponível

Banco indeniza por desconto indevido

SINDBAN TV

Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente
Reportar erro!
X
Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo.
O link da notícia será enviado automaticamente




Captcha:
Menu
Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente