.: Assembleias dos bancários nesta quinta votam greve a partir do dia 19

Os bancários de todo o país realizam assembleias nesta quinta-feira, 12, para avaliar a proposta do Comando Nacional, coordenado pela Contraf-CUT, de rejeitar a proposta de 6,1% de reajuste apresentada pela Fenaban no dia 5 e aprovar a deflagração de greve a partir do dia 19. Além da Contraf-CUT, o Comando Nacional representa dez federações e 143 sindicatos das bases onde trabalham cerca de 95% dos 490 mil bancários do país.

Além de negar aumento real nos salários, pisos, PLR e todas as verbas salariais (os 6,1% apenas recompõem a inflação do período medida pelo INPC), a proposta da Fenaban ignora todas as reivindicações dos bancários sobre emprego, saúde e condições de trabalho, segurança e igualdade de oportunidades.

Somente os seis maiores bancos tiveram lucro líquido de R$ 29,6 bilhões no primeiro semestre, alcançando a maior rentabilidade do sistema financeiro internacional, graças principalmente ao aumento da produtividade dos bancários.

Apesar dos lucros, os bancos estão fechando postos de trabalho e piorando as condições de trabalho, com aumento das metas abusivas e do assédio moral, o que tem provocado uma verdadeira epidemia de adoecimentos na categoria. Por falta de investimento em segurança, também cresce o número de assaltos, sequestros e mortes. Mas os banqueiros se recusam a discutir esses problemas.

Fonte: Contraf-CUT

.: Veja Mais

Inscrições abertas: Curso Intermediário de Libras

Ex-gerente da Caixa receberá moção de aplausos em Piracicaba

Imagem Indisponível

Fusões e aquisições alteram mercado brasileiro de bancos

SINDBAN TV

Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente
Reportar erro!
X
Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo.
O link da notícia será enviado automaticamente




Captcha:
Menu
Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente