.: As mulheres são exemplo de saúde em muitos quesitos

Inúmeras pesquisas indicam que as mulheres preocupam-se mais com a saúde em comparação aos homens. Utilizam menos tabaco e álcool, alimentam-se melhor e buscam mais as medidas preventivas.

Em uma análise sobre a saúde geral da população, na qual diversas doenças vêm aumentando sua prevalência (inclusive doenças cardiovasculares, câncer e diabetes) é preciso olhar para o estilo de vida como a principal medida preventiva. Naturalmente, o estilo de vida mais eficiente para a saúde envolve não apenas os aspectos físicos, mas também os emocionais, mentais e espirituais.

Em nome da admiração que tenho pelas mulheres em seu empenho e contribuição por uma população mais saudável e, sabendo que falo em nome de muitos homens que reconhecem o quanto podem se espelhar nelas para trazer mais saúde a si mesmos, quero oferecer duas dicas para que todos sejam cada vez mais saudáveis, para que levem a saúde à sua família e, para que não continuemos apenas correndo das doenças, mas sim trilhando com leveza os caminhos da saúde.

Conheça e respeite seu próprio corpo. Ao buscar superações de limites, o faça de maneira gradativa e consciente. Prepare seu corpo antes e exerça apenas aquilo para o que ele está preparado. Se quiser ir além, prepare-se mais e siga em frente. Veja os atletas de elite, eles estão sempre em contato com seus limites, mas também estão sempre em contato com a melhor preparação possível. Salve as proporções e aplique este conceito em seu cotidiano de trabalho e atividades físicas. Você não precisa ter a mesma intensidade de um atleta, mas precisa ter uma proporção ajustada entre preparo e demanda de trabalho que oferece ao seu corpo. Até mesmo quem trabalha muito tempo sentado, precisa preparar seu corpo para isso, dando o movimento necessário a ele em outros momentos do dia e condicionando sua capacidade e força postural com exercícios como o pilates, por exemplo.

Confie no poder de autocura do seu corpo, muitas vezes, tudo de que ele precisa é de uma correção leve e natural para que possa reequilibrar-se e promover seus próprios processos de cura. Busque sempre que possível as alternativas não invasivas para se tratar quando houver sintomas. Entenda que quanto mais natural o tratamento, melhor seu corpo responde, pois ele participa ativamente do processo de cura quando não sofre imposições antinaturais. Se houver um eixo desalinhado em uma máquina, é mais prudente corrigir este eixo ao invés de ficar apenas adicionando mais óleo ao sistema de engrenagens que ele movimenta, certo? Da mesma forma, o corpo precisa ter a sua biomecânica tratada ao invés de se impor a ele apenas soluções químicas. Quando houver tendinite, bursite, cefaleia, sinusite, enxaqueca, cólica menstrual, alterações posturais, dores na coluna, dor ciática, hérnia de disco, entre outros, a osteopatia pode te ajudar. Um abraço a todos.

Vinicius Boldrin Lima - Fisioterapeuta osteopata

Vinicius Boldrin Lima

.: Veja Mais

Imagem Indisponível

Comissão de Negociação da Previ debate utilização da reserva esecial

Imagem Indisponível

Justiça condena Santander a multa de R$ 1 milhão por jornada excessiva

Imagem Indisponível

Bancários participam de audiência, na Assembléia Legislativa, sobre a venda da Nossa Caixa

SINDBAN TV

Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente
Reportar erro!
X
Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo.
O link da notícia será enviado automaticamente




Captcha:
Menu
Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente