.: A revolução já começou: SindBan conhece escola móvel 4.0

Nesta quarta-feira (27) os diretores do Sindicato dos Bancários de Piracicaba participaram do evento, Indústria 4.0: A revolução já começou, na Sede Centro do SENAI (serviço nacional de aprendizagem). Na oportunidade os participantes visitaram a Escola Móvel da Indústria 4.0 que integra Inteligência Artificial, Realidade Aumentada, Robótica Avançada, Sensoriamento, Análise de Dados, Internet das Coisas (IoT), Computação em Nuvem, entre outras tecnologias.

A atividade altamente imersiva proporcionou novas experiências aos convidados, dentre eles também estavam os membros da Comissão Municipal Do Emprego de Piracicaba que é Presidida por José Antônio Fernandes Paiva, presidente do SINDBAN. O assunto Indústria 4.0 se destaca para os profissionais das indústrias de diferentes setores à medida que o conceito de produção integrada e monitorada em tempo real afeta diretamente toda a cadeia produtiva.

“É sabido por todos que os avanços na tecnologia, que são a base da Indústria 4.0, vão remodelar os negócios e os cenários econômicos durante os próximos 10 a 15 anos. E é aí que entra a parte mais importante dessa discussão: o emprego na indústria 4.0 passa, invariavelmente, por um novo tipo de qualificação de mão de obra. Mais do que nunca, será necessária uma formação que combina excelência técnica com habilidades como pensamento crítico, porém não podemos deixar de pensar nos milhares de trabalhadores que atuam no setor produtivo e tem baixa escolaridade e pouca ou nenhuma formação, como eles serão inseridos nesse processo?”, comenta o Presidente da ComEmprego, José Antonio Fernandes Paiva.

Dentro da Escola Móvel os visitantes puderam conhecer os dispositivos do processo, e também acompanhar a montagem de um dispositivo personalizado, do início ao final do processo.  Além disso o evento contou com uma palestra do Murilo Silva, da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos, que trouxe a todos um pouco sobre o conceito de indústria 4.0 e sua missão. E logo em seguida com a fala do Professor do Senai de São Bernardo, Fernando Tarozzo, que já apresentou em sua fala como a indústria 4.0 pode e vem sendo empregada nas empresas, e o como começar a essa transformação.  Ao final o representante do InvestSão Paulo mostrou um pouco sobre o programa de assessoria realizado pelo setor e as possibilidades para as empresas de ampliarem e investirem nessa transformação, e também em outras partes do negócio.

Industria 4.0 X Emprego

Mundialmente, de acordo com pesquisa do Fórum Econômico Mundial, 75 milhões de empregos vão desaparecer por conta de tecnologias como a automação até 2022. Se o período analisado for ampliado até 2030, um estudo da consultoria McKinsey mostra que entre 400 milhões e 800 milhões de trabalhadores poderão ser substituídos por máquinas.

“Somos representantes de trabalhadores, e por isso o medo é compreensível. Afinal, é verdade que alguns empregos vão desaparecer. Segundo levantamento da  Universidade de Brasília (UnB), até 2026, as funções hoje exercidas por 54% dos brasileiros com carteira assinada têm probabilidade alta ou muito alta de ser assumidas por robôs. Vemos isso dentro da nossa categoria, os bancos digitais e evolução dos aplicativos tem justificado a intensa redução do quadro de funcionários, agora, pensemos, temos um país com 13 milhões de desempregados hoje, com 54% a menos de vagas, precisamos ter uma solução para não aumentar ainda mais o número dos desempregados”, conclui Paiva.

De acordo com Murilo, os profissionais ainda são necessários para operar todas essas nova tecnologias que surgem. Entretanto, em vez de serem necessárias apenas habilidades manuais, são cada vez mais valorizadas as capacidades intelectuais. “é fundamental qualificar os profissionais das empresas em técnicas como programação, robótica colaborativa e análise de dados, assim como desenvolver competências socioemocionais com métodos para estimular a criatividade, o empreendedorismo, a liderança e a comunicação, mas temos consciência que não são todas as empresas que tem pensado na formação do trabalhador", comenta.

 

 

Bruna Togni MTB 081055/SP

.: Veja Mais

Vídeos do Sindicato

Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente
Reportar erro!
X
Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo.
O link da notícia será enviado automaticamente




Captcha:
Menu
Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente